Rewilding

Restaurar o ritmo da natureza

Rewilding

Restaurar o ritmo da natureza

A rewilding é uma abordagem progressiva de conservação da natureza. Trata-se de deixar a natureza cuidar de si mesma, permitindo que os processos naturais moldem a terra e o mar, reparem os ecossistemas danificados e restaurem paisagens degradadas. Através da rewilding, os ritmos naturais da vida selvagem criam habitats mais selvagens e mais biodiversos.

A vida selvagem já está a fazer um retorno espectacular por toda a Europa, incluindo na Península Ibérica, oferecendo-nos uma oportunidade para recuperar as nossas paisagens e encontrar formas mais sustentáveis de conviver com a natureza. Dispensando a ideia de habitats fixos, iniciativas de rewilding trabalham para reconstruir importantes funções ecológicas e cadeias tróficas, e para estabelecer uma maior conectividade ecológica entre áreas naturais.


Os princípios de rewilding

Os profissionais a trabalhar em rewilding por toda a Europa co-formularam um conjunto de princípios que caracterizam e orientam este processo num contexto europeu. Todos igualmente importantes, são os seguintes:

Garrano Horses, Faia Brava, Côa Valley, Western Iberia, Portugal, Europe, Rewilding Europe
 

Dar esperança e propósito

O processo de rewilding cria ideais de um futuro melhor para as pessoas e para a natureza, que inspira e fortalece. Esta narrativa emocionante não conta apenas a história de um amanhã mais rico e vital, mas também encoraja ações práticas e colaboração nos dias de hoje.

Oferecer soluções naturais

Ao fornecer e aprimorar soluções baseadas na natureza, a renaturalização pode ajudar a mitigar os desafios ambientais, sociais, económicos e relacionados com o clima.

Pensar de forma criativa

Rewilding significa também agir de maneira inovadora, oportuna e empreendedora, com a confiança necessária para aprender com o fracasso.

Conservação complementar

Ao aprimorar a natureza selvagem e os seus inúmeros benefícios em todas as escalas, este processo complementa métodos mais estabelecidos e recorrentes de conservação da natureza.

Deixar a natureza liderar

Rewilding permite que processos naturais restaurados moldem as nossas paisagens terrestres e marítimas de maneira dinâmica. Isso vai nos levar a intervir menos na natureza com o avançar do tempo.

Trabalhar à escala da natureza

Rewilding significa trabalhar em escala para reconstruir a diversidade e abundância da vida selvagem e dar aos processos naturais a oportunidade de aumentarem a resiliência dos ecossistemas.

As pessoas são a chave

Rewilding é um processo que dá relevo ao papel das pessoas – e das suas ligações económicas e sociais à terra – trabalhando em ecossistemas mais amplos e naturalmente vibrantes.

Criar economias baseadas na natureza

Ao melhorar a vida selvagem e os ecossistemas, o processo de rewilding oferece novas oportunidades económicas através do fornecimento de meios de subsistência e lucro baseados na natureza.

Agir em contexto

Abordar o rewilding com um conhecimento de longo prazo da história cultural e ambiental de um local. Importa ter em conta as realidades culturais, políticas e físicas das paisagens terrestres e marítimas nestes esforços que estão a ser tidos.

Trabalhar em conjunto

Construir coligações e fornecer apoio com base em respeito, confiança e valores partilhados. Assenta em interligar pessoas de todas as origens para co-criar maneiras inovadoras de retroceder e oferecer os melhores resultados para as comunidades e para a natureza selvagem.

Troca de conhecimento

Troca de conhecimento e experiência para melhorar continuamente as melhores práticas de rewilding e alcançar os melhores resultados possíveis.

  • Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.