Aumentar Cooperação e Sinergias

Staffan Widstrand / Rewilding Europe

Aumentar Cooperação e Sinergias

Atualmente, é provável que diferentes abordagens de gestão afetem negativamente o estado do lobo ibérico a sul do Rio Douro e particularmente do lado português. Por conseguinte, é urgente criar oportunidades de diálogo e o estabelecimento de confiança entre diferentes partes. Uma variedade de partes interessadas ​​com diferentes ideologias precisa de ser reunida para elaborar estratégias eficazes de cooperação.

Image by StartupStockPhotos from Pixabay

Organização de seminários de mesa-redonda com autoridades e especialistas em lobos e networking com projetos LIFE e não-LIFE

Seminários de mesa redonda vão ser organizados para discutir os diferentes aspetos da gestão do lobo, tal como o seu estatuto legal, aplicação da lei, mortalidade, ações de conservação, etc. Serão organizadas conferências sobre diferentes questões, revisão da investigação científica atual e preparação de recomendações aos governos de Portugal e Espanha, propondo novos modelos de conservação levando em consideração o desenvolvimento do projeto.

O projeto visa estabelecer uma colaboração com a autoridade regional espanhola de Junta de Castilla y León para definir objetivos transfronteiriços comuns para a proteção do lobo ibérico. A conservação de uma espécie a longo prazo requer a superação da gestão de populações dentro de fronteiras nacionais e no âmbito de diferentes legislações nacionais.

A partilha de conhecimentos com outros projectos Life e não-LIFE será realizada de forma a assegurar a divulgação dos principais resultados, mas também para trocar experiências no campo da conservação do lobo e, assim, aumentar a capacidade da equipa do projeto.

Participação em reuniões científicas

A equipa do projeto participará em reuniões científicas, incluindo conferências, seminários e eventos locais e regionais, a nível nacional e internacional. Nestes diferentes eventos, as ações e resultados do projeto serão exibidos e o contacto com outras equipas que trabalham nas mesmas espécies-alvo será estabelecido e fortalecido.

Além disso, a participação em tais eventos aumentará o conhecimento da equipa sobre o assunto, aprendendo novas metodologias e trocando experiências e melhores práticas em conservação e gestão.

  • Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.